Ortopedista especialista em tornozelo

O tratamento deformidade dedos dos pés em Goiânia pode ser feito em um ou mais dedos, sempre observando as causas.

A deformidade pode estar associada a uma retração dos tendões flexores ou extensores que deformam o dedo, ser causada por uma deformação da parte da frente do pé, ou devido a doenças neurológicas ou reumáticas.

Um dos principais motivos para consultar um ortopedista especialista em pé é uma dificuldade em calçar um sapato, que normalmente vem acompanhada de dores.

Portanto, se você apresenta alguma deformidade em um dedo ou mais dedos dos pés, preparamos um guia com tudo o que você precisa saber!

Tratamento de deformidade dedos dos pés em Goiânia: quais os tipos?

Existem alguns tipos de deformidades nos dedos dos pés, e os mais frequentes são:

Dedo em martelo

O dedo em martelo ocorre na articulação entre os dois primeiros ossos dos dedos, ou seja, na articulação do meio do dedo.

Na maioria dos casos, o dedo em martelo é causado por um alinhamento incorreto das superfícies articulares, devido a uma predisposição genética, problema biomecânico ou retrações dos tendões.

Outras causas possíveis podem ser a artrite reumatoide ou problemas neurológicos.

É uma deformidade que causa dor plantar na região frontal do pé e calosidades bastante dolorosas no dorso dos dedos.

Dedo em garra

O dedo em garra consiste na hiperextensão da articulação que une o dedo ao resto do pé e da flexão da articulação do meio do dedo.

Os dedos ficam dobrados, as juntas para cima e as pontas dos dedos para baixo, formando uma espécie de garra, podendo afetar um ou mais dedos.

Pode ser causada por doenças neuromusculares, problemas biomecânicos, traumatismos, doenças inflamatórias, degenerativas, metabólicas, ou mesmo não apresentar uma causa definida.

Pode formar uma calosidade na parte de cima do dedo, que pode provocar dor ao entrar em atrito com o calçado, ou calosidade na ponta do dedo, e até mesmo uma deformidade na unha.

Dedo em malho

O dedo em malho acomete a flexão plantar do dedo, podendo provocar uma calosidade na parte de cima, ou seja, na ponta do dedo.

É mais frequente em dedos longos, e principalmente no segundo e terceiro dedos.

Provoca uma calosidade dolorosa na parte de cima, em razão do atrito da articulação deformada com o calçado.

O que causa a deformidade dedos dos pés?

O médico responsável pelo tratamento deformidade dedos dos pés em Goiânia vai avaliar primeiramente o que pode ter provocado essa deformidade.

A deformidade dedos dos pés pode ser congênita, presente desde o nascimento, ou podem surgir mais tarde, em razão do uso de sapatos inadequados ou com salto alto.

Algumas doenças, como o diabetes, artrose e poliartrite reumatóide podem afetar o funcionamento dos músculos e nervos, podendo causar uma retração dos ligamentos ou tendões, dando origem assim à deformidade.

Em alguns casos, acidentes ou lesões podem acarretar fraturas e deformidades nos dedos dos pés.

A patologia subjacente deve ser avaliada pelo médico especialista em pé, e ser tratada ao mesmo tempo.

Quais os sintomas de quem tem deformidade dedos dos pés?

Os sintomas associados a todas as deformidades são similares e compreendem a dor sentida no momento de calçar um sapato e a dificuldade em encontrar sapatos bem ajustados e confortáveis.

Sapatos mal ajustados podem causar calosidades, devido a uma pressão ou um atrito com o sapato.

As dores em razão de uma deformidade, seja em um dedo ou mais, pode chegar ao ponto de deixar a marcha impossível, frequentemente devido aos atritos do dedo com a parte da frente do sapato.

No início do processo, o dedo deformado é geralmente flexível, mas se não for tratado, pode se tornar rígido e imóvel, o que necessita um tratamento cirúrgico.

Logo, é recomendado consultar um ortopedista especialista em pé para iniciar um tratamento o quanto antes.

Problemas de quem tem deformidade dedos dos pés?

Quem tem deformidade dedos dos pés pode apresentar dor, calos, alterações de pisada, além da dificuldade para usar certos tipos de calçados.

Uma queixa comum entre os pacientes é a impossibilidade de praticar esportes ou outras atividades físicas.

No caso dos idosos, a atenção deve ser redobrada, uma vez que deformidade nos dedos dos pés pode causar feridas, e em situações mais graves, infecções.

Sapatos para quem deformidade dedos dos pés?

Muitas pessoas com deformidade nos dedos dos pés têm dificuldades em encontrar um sapato adequado.

O ideal é usar sapatos sob medida, pois são adaptados ao formato do pé da pessoa, aliviando as dores e melhorando o conforto.

Lembrando que usar um sapato inadequado pode causar ferimentos, pressionar os dedos e piorar ainda mais a deformidade.

Tratamento deformidade dedos dos pés em Goiânia: fisioterapia para quem deformidade dedos dos pés?

A fisioterapia para quem tem deformidade nos dedos dos pés ajuda a melhorar a mobilidade, a força e o controle dos dedos.

Também são feitos exercícios para promover a estabilização da articulação, massagens e alongamentos dos dedos.

Na maioria das vezes, o médico especialista em pé orienta em relação aos melhores exercícios para deformidade nos dedos dos pés.

Tratamento deformidade dedos dos pés em Goiânia: qual médico trata?

O ortopedista especialista em pé está habilitado em tratar deformidade dedos dos pés, e geralmente indica um tratamento conservador, a fim de restaurar ou manter a capacidade de marcha, aliviar as dores, e também retardar a progressão da deformidade.

O tratamento conservador consiste em usar um calçado especialmente projetado, com uma maior largura na parte da frente do pé, para evitar o aperto.

Também é recomendado evitar usar sapatos fechados, estreitos ou com salto alto.

Cirurgia de deformidade dedos dos pés pela Unimed em Goiânia: quando é indicada?

A cirurgia de deformidade dedos dos pés é indicada quando o tratamento conservador não aliviou as dores do paciente ou se os dedos deformados tornaram-se rígidos e imóveis.

O procedimento cirúrgico é escolhido em função da estabilidade do dedo deformado, seja ou não flexível. Inclusive, existem técnicas cirúrgicas mais ou menos invasivas.

Após o exame clínico, o médico especialista em pé vai definir qual técnica será mais eficaz, e geralmente nesse momento, o paciente recebe todas as informações sobre a cirurgia.

Tratamento deformidade dedos dos pés em Goiânia: como é feita a cirurgia?

O ortopedista especialista em pé, no caso de haver uma flexibilidade no dedo, pode optar por fazer uma incisão na articulação do dedo deformado e então realinhar os tendões e ligamentos.

Instrumentos específicos podem ser colocados para manter o dedo na posição certa durante o procedimento. A incisão é então fechada por suturas e recoberta com um curativo.

Essa técnica não invasiva é percutânea e permite a recuperação rápida e um pós-operatório mais simples.

Já no caso onde a deformidade está fixada de maneira rígida, o cirurgião faz uma incisão na articulação da deformidade, realinha os tendões e ligamentos, e efetua uma osteotomia.

Se realmente o seu caso for cirúrgico, é importante tirar todas as suas dúvidas com o médico antes da cirurgia.

Como é o pós-operatório da cirurgia deformidade dedos dos pés em Goiânia?

Além de todas as recomendações dadas pelo médico especialista em pé, é necessário usar um calçado especial durante 2 a 6 semanas, para evitar de dobrar o dedo operado.

O paciente também é orientado a fazer sessões de fisioterapia para ajudar na reabilitação.

Tratamento deformidade dedos dos pés em Goiânia: qual médico que faz cirurgia deformidade dedos dos pés?

O médico habilitado a fazer tratamento deformidade dedos dos pés em Goiânia e cirurgia é ortopedista especialista em pé, que após o diagnóstico, vai indicar o procedimento mais adequado.

Dr. Bruno Air Machado da Silva, membro titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia e membro titular da Associação Brasileira de Medicina e Cirurgia de Tornozelo e Pé, possui ampla experiência em tratamento e cirurgia de deformidade dedos dos pés.

Seu trabalho tem como principal finalidade promover a melhor qualidade de vida aos seus pacientes, e para isso, avalia cuidadosamente cada caso, prestando um atendimento individualizado.

Avatar

Ortopedista especialista em Pé e Tornozelo, graduado pela Universidade Federal de Minas Gerais (2009-2011). Especialização em Cirurgia do Pé e Tornozelo pela Universidade Federal de Goiás. Estágio em Pé e Tornozelo – Massachussets General Hospital Harvad University (2017).