Ortopedista especialista em tornozelo

A dor na lateral do pé pode ser um incômodo para muitas pessoas, afetando a qualidade de vida e limitando as atividades diárias.

Sendo assim, acaba sendo interessante saber quais são as causas da dor na lateral do pé, além de saber formas de prevenir e tratar o problema.

Então, se você quer entender um pouco melhor a respeito da dor na lateral do pé, é só continuar a sua leitura nos parágrafos seguintes.

Discutiremos as principais causas da dor no lado do pé, bem como estratégias de prevenção e tratamento.

Quais são as causas da dor na lateral do pé?

Existem diversos problemas que podem fazer com que o paciente comece a sentir dor na lateral do pé, mas, dentre os principais, podemos mencionar os seguintes:

Entorses e distensões

Uma das causas mais comuns de dor no lado do pé são as entorses e distensões. Essas lesões ocorrem quando se estica ou se torce os ligamentos e músculos além dos limites normais.

No entanto, deve-se saber que isso pode acontecer durante atividades esportivas, exercícios ou até mesmo ao pisar de maneira errada.

Tendinite

A dor na lateral do pé também pode surgir devido a tendinite. Contudo, é interessante saber que existem diferentes tipo, que são:

Tendinite peroneal

A tendinite peroneal é uma inflamação dos tendões peroneais, que estão localizados na parte externa do tornozelo e do pé. 

Essa condição pode causar dor e inchaço na lateral do pé e é comum em atletas e pessoas que praticam atividades físicas intensas, por exemplo.

Tendinite extensora do dedo

Outra causa possível de dor no lado do pé é a tendinite extensora do dedo, que ocorre quando os tendões responsáveis por estender os dedos dos pés ficam inflamados. 

Essa condição pode causar dor, inchaço e dificuldade em mover os dedos.

Fraturas

Outra causa bastante comum para que o paciente comece a sentir dor na lateral do pé são as fraturas, as quais podemos dividir da seguinte maneira:

Fraturas por estresse

Em suma, as fraturas por estresse são pequenas rachaduras nos ossos, que podem ocorrer devido a atividades repetitivas ou aumento repentino na intensidade do exercício.

Essas fraturas são comuns em corredores e podem causar dor na lateral do pé.

Fraturas por avulsão

Fraturas por avulsão ocorrem quando um pedaço do osso é arrancado pelo ligamento ou tendão. 

Essas fraturas podem surgir por lesões traumáticas ou atividades que envolvem movimentos bruscos e rápidos.

A dor na lateral do pé pode ser um sintoma dessa fratura.

Fascite plantar

A fascite plantar é uma inflamação da fáscia plantar, que é uma faixa espessa de tecido na sola do pé.

Mesmo que a dor seja geralmente sentida na parte inferior do pé, ela também pode se irradiar para a lateral do pé.

Neuroma de Morton

O neuroma de Morton é um espessamento do tecido ao redor do nervo que está entre os dedos do pé. Isso pode causar dor, formigamento e dormência na lateral do pé.

Tem como se prevenir da dor na lateral do pé?

Sim, há formas de prevenir esse sintoma. Dentre algumas formas de fazer isso, podemos mencionar as seguintes:

Calçados adequados

Usar calçados adequados é fundamental para evitar dor no lado do pé. Sendo assim, escolha sapatos com bom suporte, amortecimento e espaço suficiente para os dedos dos pés. 

Além disso, tente evitar sapatos apertados ou de salto alto que possam causar pressão ou estresse na lateral do pé.

Exercícios para os pés e tornozelo

Fortalecer os músculos do pé e do tornozelo pode ajudar a prevenir lesões e dor no lado do pé. 

Exercícios de fortalecimento, como elevação de calcanhar e flexão dos dedos dos pés, podem ser úteis nesse sentido.

Exercícios de mobilidade

Realizar exercícios de alongamento e mobilidade para os pés e tornozelos pode ajudar a manter a flexibilidade e reduzir o risco de lesões. 

Tente realizar exercícios de alongamento para a panturrilha, fáscia plantar e tendões peroneais.

Como tratar a dor na lateral do pé?

Dentre as formas mais eficazes para tratar a dor na lateral do pé, citamos as seguintes:

Gelo e repouso

Para tratar a dor no lado do pé, é preciso dar tempo para que a área lesionada se recupere. 

Aplique gelo na área afetada e mantenha o pé elevado para reduzir o inchaço. Evite colocar peso no pé lesionado até que a dor diminua.

Medicamentos

Anti-inflamatórios não esteroides (AINEs), como ibuprofeno e naproxeno, podem ser bastante úteis para reduzir a dor e a inflamação na lateral do pé. Sempre consulte um médico antes de iniciar qualquer medicamento.

Analgésicos

Para alívio adicional da dor, analgésicos como paracetamol também podem ser úteis, conforme necessário. Porém, é necessário não exceder a dose recomendada e sempre seguir as instruções do médico.

Fisioterapia

A fisioterapia é uma das formas mais eficazes de tratar a dor na lateral do , sendo que é possível dividir esse tratamento da seguinte maneira:

Massagem e mobilização

A fisioterapia pode ser útil no tratamento da dor no lado do pé. Técnicas como massagem e mobilização podem ajudar a aliviar a tensão e a dor nos músculos e tendões afetados.

Terapia por ondas de choque

A terapia por ondas de choque é um tratamento não invasivo que utiliza ondas de energia para estimular a cura dos tecidos. 

Essa terapia pode ser excelente para tratar condições como tendinite e fascite plantar, que podem causar dor na lateral do pé.

Exercícios podem ajudar a aliviar a dor na lateral do pé?

Exercícios podem ajudar a aliviar a dor na lateral do pé, desde que sejam apropriados e realizados corretamente.

Fortalecer e alongar os músculos e tendões que suportam o pé pode melhorar a estabilidade, a função e ajudar a reduzir a dor.

No entanto, é fundamental identificar a causa da dor na lateral do pé antes de começar um programa de exercícios, para garantir que você esteja abordando a causa subjacente de maneira eficaz e não piorando a condição.

Por isso, consulte um médico, fisioterapeuta ou profissional de saúde para obter um diagnóstico preciso e orientações específicas sobre exercícios e tratamento.

Aqui estão alguns exercícios gerais que podem ajudar a aliviar a dor na lateral do pé, mas consulte um profissional antes de tentar:

  1. Alongamento dos músculos peroneais: Sente-se no chão com as pernas estendidas à sua frente. Enrole uma faixa de resistência ou toalha ao redor da bola do pé e segure as extremidades com as mãos. Puxe suavemente a faixa ou toalha em direção ao seu corpo, alongando a lateral do pé e os músculos peroneais. Mantenha o alongamento por 20 a 30 segundos e repita de 2 a 4 vezes em cada pé.
  2. Fortalecimento dos músculos peroneais: Sente-se em uma cadeira com um elástico de resistência preso a uma perna da cadeira e ao redor do pé afetado. Mova seu pé para fora, longe da perna da cadeira, trabalhando contra a resistência da faixa. Faça 2 a 3 séries de 10 a 15 repetições.
  3. Mobilização do tornozelo: Sente-se em uma cadeira e estenda a perna com o pé afetado. Faça movimentos circulares com o tornozelo no sentido horário e anti-horário, 10 a 15 vezes em cada direção.

Lembre-se de que é indispensável consultar um profissional antes de iniciar qualquer programa de exercícios, especialmente se você estiver enfrentando dor ou desconforto.

Eles podem ajudá-lo a identificar a causa subjacente da dor e aconselhar sobre o tratamento e as atividades adequadas.

Conclusão

A dor no lado do pé pode ser causada por várias condições, como entorses, tendinites e fraturas

A prevenção é fundamental e envolve o uso de calçados adequados, fortalecimento e alongamento dos músculos do pé e do tornozelo. O tratamento pode envolver gelo, repouso, medicamentos e fisioterapia. 

Se você estiver enfrentando dor na lateral do pé, consulte um médico para obter um diagnóstico preciso e orientações sobre o tratamento adequado.

Perguntas frequentes sobre dor na lateral do pé

Como posso prevenir a dor na lateral do pé?

Para prevenir a dor no lado do pé, use calçados adequados, fortaleça e alongue os músculos do pé e do tornozelo e evite atividades que causem estresse excessivo nesta área.

Quais são os tratamentos para a dor na lateral do pé?

Os tratamentos para a dor no lado do pé envolvem gelo, repouso, medicamentos anti-inflamatórios e analgésicos, e fisioterapia.

Avatar

Ortopedista especialista em Pé e Tornozelo, graduado pela Universidade Federal de Minas Gerais (2009-2011). Especialização em Cirurgia do Pé e Tornozelo pela Universidade Federal de Goiás. Estágio em Pé e Tornozelo – Massachussets General Hospital Harvad University (2017).